quinta-feira, 27 de novembro de 2014

Pastéis com Diabo Dentro

Hoje trago sabores das minhas origens africanas! Sempre que estamos juntos, aproveitamos para fazer estes pastéis maravilhosos, seja para uma ocasião especial ou simplesmente para uma refeição diferente com uma saladinha bem fresca a acompanhar! Não há nada como voltar às origens e aos sabores que nos levam directamente para uma infância feliz e com sabores únicos! Devem achar este nome um pouco peculiar, mas assim chamam a estes pastéis devido ao picante do recheio, que pode ser mais ou menos forte, conforme o gosto de cada um! É um casamento bastante interessante, pois temos o doce da batata e do milho na massa a contrastar com um recheio picante e envinagrado! Uma verdadeira delícia que só vai saber depois de se deixar encantar com um destes pastéis caboverdianos! De qualquer forma, não deixe de experimentar fazer esta iguaria se não gostar de picante, pois pode simplesmente optar por não colocar malagueta! Há sabores que nunca se esquecem!


MASSA
1Kg de Batata doce
600g de Farinha de milho

RECHEIO
250g de Atum em conserva
1 Cebola em rodelas
2 Dentes de Alho picados
100g de Polpa de tomate
6 Malaguetas secas
Azeite, Sal e Vinagre

MASSA
Coza as batatas, previamente descascadas e cortadas em pedaços, em água com sal. Escorra e reduza a puré com a ajuda de um garfo. Coloque numa vasilha e amasse a batata com a farinha, até obter uma massa que dê para moldar sem partir. À medida que trabalha a massa, junte mais farinha se achar necessário ou mais água da cozedura das batatas, caso a massa fique muito seca. Forme uma bola com a massa e reserve.

RECHEIO
Refogue a cebola e os alhos num fio de azeite. Junte o atum escorrido, as malaguetas picadas, a polpa de tomate, tempere com uma pitada de sal, borrife generosamente com vinagre e deixe apurar alguns instantes. Retire do lume e deixe arrefecer. 

MONTAGEM
Retire uma bolinha de massa e espalme-a sobre um pano bem molhado e espremido, formando um círculo. Coloque uma colher de recheio no centro, dobre ao meio e aperte bem os bordos. Repita o processo para os restantes pastéis. No final, frite-os em óleo bem quente.



1 comentário: