sexta-feira, 10 de novembro de 2017

Risotto de Salmão Fumado com Tomate Seco e Rúcula



Existe a ideia de que o risotto é comida de restaurante! Talvez por a maioria dos bons restaurantes incluírem risotto na ementa ou talvez se associar a palavra "risotto" a algo sofisticado e complicado de se confecionar! Mas a verdade é que o risotto destina-se a ser preparado no conforto do nosso lar, podendo ser reconfortante e completo ou leve e delicado! O risotto perfeito deve deslizar lentamente pelo prato, deve escorrer delicadamente da colher e deve apresentar uma cremosidade e viscosidade únicas de um verdadeiro risotto! O arroz próprio para risotto (arborio ou carnaroli) apresenta um delicioso sabor a nozes e pode ser complementado com os mais diversos ingredientes, devendo sempre apresentar um bom equilíbrio entre o arroz e o sabor que o acompanha! Legumes, ervas aromáticas, peixe, carne, cogumelos, marisco, queijo, vinho, ... A imaginação é o limite para tornar o seu risotto incrivelmente irresistível! O segredo para um bom risotto é estar perto dele e dar-lhe toda a atenção durante a sua confeção... E lembre-se: o risotto não é comida de restaurante, é comida caseira, comida de conforto, comida que nos faz feliz... 


Risotto de Salmão Fumado com Tomate Seco e Rúcula

INGREDIENTES (4 PESSOAS)
300g de Arroz arborio ou carnaroli
1,5L de Caldo de legumes
1 Cebola picada
1 Copo de Vinho branco
100g de Salmão fumado
8 Pétalas de Tomate seco (conservado em azeite)
2 Punhados de Rúcula
2 Colheres (sopa) de Queijo creme
50g de Queijo parmesão
Azeite, Sal e Pimenta preta

PREPARAÇÃO
Aqueça o caldo de legumes num tacho e espere iniciar fervura. Baixe o fogo e mantenha em lume brando. Regue o fundo de um tacho alto com azeite e aloure a cebola com uma pitada de sal. Junte o arroz e deixe refogar por cerca de 2 minutos, mexendo lenta e continuamente. Refresque com o vinho e continue a mexer até ser totalmente absorvido. Deite a primeira concha de caldo e mexa em lume brando. Continue a juntar conchas de caldo, mexendo de 2 em 2 minutos e deixando cada concha ser absorvida antes de juntar a seguinte, até o arroz estar macio, mas com alguma consistência. O arroz demorará cerca de 17 minutos a ficar no ponto. Nos últimos minutos, junte os tomates picados e o salmão cortado em tiras. Por fim, envolva a rúcula grosseiramente picada, retire do lume e junte o queijo creme, o parmesão acabado de ralar e tempere com pimenta moída na hora. Mexa delicadamente até o risotto se apresentar cremoso e deslizar lentamente da colher. Deixe repousar tapado durante 2 minutos. Guarneça o risotto com algumas folhinhas de rúcula, regue com um fio de azeite e sirva de imediato.


NOTAS IMPORTANTES PARA UM RISOTTO PERFEITO
- Não lave o arroz, pois ele deve manter todo o amido;
- Use um bom tacho, de preferência tão fundo como largo, pois os lados altos do tacho ajudam a evitar que a humidade se evapore depressa demais;
- O arroz deverá cozinhar em lume brando. Se ferver intensamente, o exterior do arroz ficará cozinhado e fofo e o interior cru;
- Utilize sempre parmesão inteiro. Tem um sabor diferente e é sempre melhor se o ralar antes de usar, pois este é utilizado como tempero adicional que funde todos os sabores;
-  E lembre-se, o arroz deve ser cozinhado só até ficar macio, mas com uma boa consistência. O molho que rodeia e une o risotto será uma mistura de caldo, engrossado levemente com o amido que o arroz liberta lentamente.

Sem comentários:

Enviar um comentário